sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

FAZER ANOS É SOMAR SABORES


Fazer anos é somar sabores.  
Reinventar mais vinte e quatro horas,
E adormecer outra vez.

Faz-se anos assim que se nasce.
Esses são de esperança,
De sufoco, de gritos e de lágrimas.
Fazem-se anos devagar, ao ritmo da infância, entre gargalhadas de sol e gomos de tangerinas.
Depois, anos de crescer depressa, para alcançar…outros anos.
Anos de trabalho, de esforço, de construção.
Um dia fazem-se anos sem quase se dar por isso, 
São os que passam depressa demais.
Aprende-se a fazer anos com o tempo e com a vida.
Também se aprende com os bolos de chocolate e o cheiro a cera das velas ardidas.
Por isso é que se somam sempre sabores aos anos,
E ritmos diferentes, e cores variadas.
Há anos a cinzento, anos a azul, anos de todas as cores e anos só a preto e branco.
Anos de muita chuva lá fora e risos cá dentro. E outros, só de sol ameno.
Também há anos parados, encruzilhados e esquecidos.
Há aqueles que valeram tanto a pena…
E os outros que não sabemos muito bem para o que serviram.
Há anos em que sorrimos para a fotografia,
E outros em que nos rimos tanto que nos esquecemos das fotografias.
Há anos doces como o mel, outros com pouco sal, outros azedos mesmo.
Há anos em que mandamos nós. Outros, o que nos vai acontecendo
Mas que sejam sempre e sobretudo anos felizes.

De

GEORGE SAND


Uma forma saborosa e colorida de George Sand desejar muitos anos de vida ao Xaile de Seda.Com muito riso, coisas doces, sol, alguma chuva, algum cinzento, pois tudo faz parte da vida. Um texto precioso, uma paleta de cores e de sabores! Obrigada

Mote para este post: Quinzena do Amor
Imagem:Postal Google

16 comentários:

  1. Um texto belíssimo para quem está de parabéns.

    Ando terrivelmente atrasada nas minhas vositas...peço desulpa...(tempos difíces na escola- com alunos, colegas e diretor....)
    Tentarei ser mais assídua...porque quem perde...sou eu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida

      Sei que sempre que podes vens fazer-me uma visita.E eu adoro ver-te por aqui...:)

      Sucesso no trabalho e que consigas resolver tudo a contento.

      Beijinhos

      Olinda

      Eliminar
  2. Querida Olinda
    Muito bonito! Até o dia me pareceu menos frio e, o sol um pouco mais quentinho.
    Parabéns George Sand.
    Beijinho Olinda
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Maria

      Isto está um frio que não se pode...e dizem que vai ser assim durante uns dias e com tendência a piorar.

      Tem razão, valha-nos este calor humano que se respira nestes versos encantadores de George Sand.

      Beijinhos

      Olinda

      Eliminar
  3. Sem dúvida que é somar sabores...com muitas cores!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo,uma policromia infinita. :)

      Bj

      Olinda

      Eliminar
  4. Já hoje mandei parabéns a alguém....., mas faltou-me inspiração para texto tão bonito....
    Simplesmente......os meus parabéns....
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Andradarte

      Inspiração não lhe falta meu amigo, é só ver os seus belíssimos trabalhos. E já descobri que tem outro blog onde a palavra é rainha. Irei fazer-lhe uma visita... :)

      Abraço

      Olinda

      Eliminar
  5. Belíssimo texto! Deixo os meus parabéns e um abraço caloroso nessa tarde fria aí na Europa.
    beijo e bom final de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Mara. Aceito com muito prazer esse abraço. Estamos por aqui quase a tiritar... :)

      Beijinhos

      Olinda

      Eliminar
  6. Maravilhoso este texto...está tudo lá, quase em jeito de balanço!
    Um beijo de parabéns de um ano que quero para ti, dos mais felizes!
    Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Graça

      Concordo, a vida passo a passo. George Sand escreve com o coração e com um alcance espantoso.

      Obrigada.

      Beijos

      Olinda

      Eliminar
  7. Muito bom o texto.
    Um abraço e bom Domingo.

    ResponderEliminar
  8. Ritmo, sabores, cores, um tempero todo especial, trouxe "George Sand", para o Xaile, e como ela sabe dizer belezas!

    Beijos para vocês!

    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Canto da Boca, uma mistura saborosa.

      bjs

      olinda

      Eliminar