sábado, 31 de dezembro de 2016

#Sobre as minhas andanças

Majo Dutra disse:

Seja muito bem regressada, estimada Olinda!
Sempre suspeitei da sua relação com a Macaronésia e, em especial,
com Cabo Verde...
Isso é que foi veranear por ilhas tropicais e não convidou ninguém!
Não conhecia este Monte da Cara, muito interessante e a foto está belíssima.
Dias de adaptação ao frio muito agradáveis...
~~~ Beijinhos sorridentes ~~~




Pois, a Majo lembrou-se de um post sobre a Macaronésia que eu publiquei em tempos. Realmente, adoro a Macaronésia, ou ilhas afortunadas, composta pelos arquipélagos dos Açores, Madeira e Selvagens, Canárias, Cabo Verde e por uma faixa incrustada no continente africano, que, como se pretende, têm características semelhantes. Uma delas é a floresta laurissilva e embora Cabo Verde não tenha de forma bem visível florestas desse género há, no entanto, plantas com algumas semelhanças. 


Desta vez Cabo Verde esteve na minha mira, in loco. Andei por lá durante uns dias fazendo algumas redescobertas. Penso que estive mais atenta às pessoas, ao relevo das ilhas, à maresia, aos cheiros. Sei que não conseguirei transmitir-vos todas estas sensações mas alguma coisa ficará.

Insiro a seguir o meu Monte Cara, figura icónica da ilha de S.Vicente e diria até o seu ex-libris, no sentido que se dá normalmente a esta expressão extravasando o seu real significado:



Meu no sentido de que a imagem do post anterior não era da minha/nossa autoria como, aliás, referi. Esta foi tirada às 7.30 da manhã, não por mim pois eu estava muito compenetrada a tentar não fazer má figura para dentro do saquinho que o tripulante, gentilmente, me deu. Sempre fui assim, muito sensível aos balanços do mar. Nota-se, na foto, a Cara do homem que, há séculos, vigia os céus do Mindelo, em parte tingida de laranja pelo Sol nascente. 



Íamos rumo à vertiginosa ilha de Santo Antão. Dela dar-vos-ei conta na próxima publicação. Mas, para começar esta imagem à vista do Porto Novo e ao fundo uma pequena amostra das magníficas e imponentes rochas da ilha. Do lado lá, um mundo encantado.



E a São alvitrou:
Não identifico, mas faz lembrar a Noruega.
Um comentário muito interessante e que veio ao encontro daquilo que eu própria pensei à aproximação da cidade da Praia, Ilha de Santiago. A vista aérea da baía misturada com o cair da noite, com os recortes e a espuma das ondas fizeram-me exclamar: Oh! parecem fiordes. A imagem que acima deixo não mostra o que na realidade os meus olhos percepcionarem, pois, pesquisando, não encontrei nenhuma parecida.



Aproveito para vos desejar um Bom final de Ano com um video de BOAS FESTAS -  imagens da cidade do Mindelo, ilha de São Vicente.

Voltarei. Abraço.
====
1ª e última imagem: Internet
Video de Boas Festas - Internet

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

De regresso

Meus amigos

Voltei ontem. Afinal foram mais de duas semanas. Não pude contactar-vos durante esse tempo. Em breve darei mais notícias. Entretanto, deixo-vos com esta imagem da net mas falarei dessa minha viagem com algumas fotos minhas ou de alguém por mim, mais propriamente da minha filha.




Como diria a nossa querida Elvira Carvalho, ora adivinhem lá por onde andei.

Até breve.

Grande abraço.

====

Imagem: Internet