sexta-feira, 8 de março de 2013

A Mulher Inspiradora


Mulher, não és só obra de Deus; 
os homens vão-te criando eternamente 
com a formosura dos seus corações, 
e os seus anseios 
vestiram de glória a tua juventude. 

Por ti o poeta vai tecendo 
a sua imaginária tela de oiro: 
o pintor dá às tuas formas, 
dia após dia, 
nova imortalidade. 

Para te adornar, para te vestir, 
para tornar-te mais preciosa, 
o mar traz as suas pérolas, 
a terra o seu oiro, 
sua flor os jardins do Verão. 

Mulher, és meio mulher, 
meio sonho. 

Rabindranath Tagore 
in "O Coração da Primavera" 
Citador


Dedico a todas as mulheres este comentário de: 


Que todas nós nos recriemos, cotidianamente, e nos adornemos de protagonismos, e sejamos senhoras das nossas belezas e destinadas à felicidade, à generosidade, ao companheirismo; e que a violência contra nós mulheres, em todos os níveis, passe a ser apenas um dado maculado na história da humanidade... Havemos muito que caminhar, mas creio!

Obrigada, amiga!
Beijos
Olinda

27 comentários:

  1. Que poema tão bonito!

    Um dia muito feliz para si, Olinda, e uma vez mais muitos parabéns pelo cuidado que coloca em todas as suas escolhas.

    ResponderEliminar
  2. Muito lindo!
    Parabéns para ti mulher querida!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Querida Olinda

    Um belo poema sobre a Mulher Criação/Criadora, "[...]meio mulher, meio sonho."
    Bem hajam neste Vosso Dia.



    Beijos



    SOL

    ResponderEliminar
  4. Já nem sei o que dizer, no dia de hoje:)))

    Dia bonito em nome da beleza da natureza.

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigada, Olinda, pela bela homenagem que aqui fazes a todas nós mulheres. Deixo-te um beijinho muito especial de parabéns pela grande mulher que és e desejo que todos os teus dias sejam cheios de luz, pois afinal és mulher todos os dias. Um bom fim de semana e fica bem.
    Emília

    ResponderEliminar
  6. Todos os dias
    uma mulher em flor

    Unidos contra muros e amos

    ResponderEliminar
  7. Lindo poema. Um Feliz Dia da Mulher.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  8. Olá Amiga!
    Um lindo poema sobre a mulher neste Dia 8 de Março! Um bom fim de semana. Beijos.
    M. Emília

    ResponderEliminar
  9. Minha querida
    Numa passagem muito rápida - daqui a nada vou para casa da minha filha, passar o dia - desejo que o "teu" Dia tenha sido maravilhoso.

    Um óptimo fim de semana.
    Passarei com mais tempo.

    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  10. "És meio mulher, meio sonho"
    Na fragilidade de um sonho, esconde-se o nosso berço, o berço da humanidade.
    Extraordinária escolha, Olinda.
    Bom fim de semana
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Óptima escolha, Tagore!

    Minha querida, desejo-lhe bom fim de semana

    ResponderEliminar
  12. Eu leio tanto...mas faz tempo que não lia um poema de Tagore. Muito oportuno trazê-lo aqui neste dia.

    Obrigada pelas gentis palavras, minha amiga. Nestes tempos, resta-nos esse valor: a amizade, como âncora.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Belo poema de homenagem ao dia Internacional da mulher....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  14. Um poema formoso com a formosura da mulher jovem, da mulher esposa, mãe e companheira mas sempre mulher.

    ResponderEliminar
  15. Estranho é o que as mulheres inspiram nalguns homens!
    Beijinhos, boa semana!
    Madalena

    ResponderEliminar
  16. Justa homeagem a todas as mulheres.
    Bom seria, Olinda, que só postássemos poemas voltados à beleza feminina, com versos floreados para a musa amada.
    Gostaria eu de postar algo mais contundente e que tocasse nas feridas, que MUITOS DE NÓS homens causamos a elas...
    Não consegui, confesso... Mas a homenagem aqui é transcendente e toca minha alma.
    Bom seria que respeitássemos muito mais vocês. Aqui, aí, acolá.
    Um abraço fraterno, beijos.

    ResponderEliminar
  17. Que todas nós nos recriemos, cotidianamente, e nos adornemos de protagonismos, e sejamos senhoras das nossas belezas e destinadas à felicidade, à generosidade, ao companheirismo; e que a violência contra nós mulheres, em todos os níveis, passe a ser apenas um dado maculado na história da humanidade... Havemos muito que caminhar, mas creio!

    Beijos, querida Olinda, felizes e reflexivos todos os dias!

    ResponderEliminar
  18. Minha querida amiga Olinda
    Só hoje tive oportunidade de voltar...
    Confesso a minha ignorância: desconhecia o autor.
    Mas, como sou muito coscuvilheira :) fui logo colher informações. Fiquei impressionada com a obra que este poeta indiano nos deixou. Preciso conhecê-lo melhor.
    Obrigada por me pores de alerta:)

    O poema que escolheste é lindíssimo. Foi apropriado para o nosso "Dia", mas é indicado para todos os dias do ano.

    Óptimo fim-de-semana.
    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  19. Querida amiga

    As palavras
    que semeiam o pensar
    são preciosas.
    Delas nascem sentimentos
    que nos tiram do lugar comum
    e nos fazem sentir
    o perfume
    precioso da vida.

    Olha o céu de manhã.
    Vês como brilha iluminado
    por teus sonhos...

    ResponderEliminar
  20. Ao passar pela net encontrei o seu blog, estive a ler algumas coisas e posso dizer que é um blog fantástico,
    com um bom conteúdo, dou-lhe os meus parabéns.
    Se desejar faça uma vista ao Peregrino e sevo e deixe o seu comentário.
    Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.

    ResponderEliminar
  21. Quando bem jovem,eu recebi um livro de Tagore, de um irmão, e passei a admirá-lo. Quando conheci meu marido (que era indiano), soube que era um de seus autores preferidos. Há muito, não lia nada dele. Obrigada duplamente : ser de Tagore, o poema, e pela homenagem à mulher.
    Beijo, Olinda querida,
    da Lúcia

    ResponderEliminar

  22. Meus amigos

    Um poema que é um desafio. Palavras elogiosas que fazem bem ao coração, um bálsamo. Ao mesmo tempo, pomo-nos a pensar: Será que o poeta é 'um fingidor', será que sentiu tudo o que escreveu ou apenas a sua arte o levou a cinzelar palavras belas, moldando-as, enfeitando-as de mil cores, de pedras preciosas, banhando-as num mar de leite e mel?

    Mas não, estas dúvidas não fazem sentido. O que interessa é que as escreveu, ficarão para sempre à vista de quem as quiser ler, levando uma grande mensagem de Amor e Respeito, em relação à Mulher. Mulher - mãe,esposa,filha,irmã... Uma inspiração para que a violência doméstica, a violência contra as mulheres seja banida da nossa sociedade.

    Havemos muito que caminhar! diz Canto da Boca. E é nisso que temos de nos concentrar.

    Muito obrigada pela vossa presença, pelos vossos comentários.

    Grande abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  23. Minha amiga passei para desejar um bom restinho de domingo e uma excelente semana.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  24. Olinda, muito bonito este poema! Curiosamente, esta semana traduzi uma citação deste autor.
    Beijinhos, bom serão!
    Madalena

    ResponderEliminar
  25. Passo, releio e deixo um abraço fraterno.

    ResponderEliminar
  26. Querida Olinda

    Aquele Dia foi, passou! Para mim, a mulher e os Dias (365) é algo único que se sucede. Afinal Deus fez a Mulher para que o Mundo fosse feliz (Crescei e multiplicai-vos).
    Uma simples Homenagem em cada Dia que passa, faz que os olhos da Mulher sejam sempre brilhantes.



    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  27. Olinda, meu melhor obrigada, tenho o maior apreço por ti e por sua amizade!

    Um beijo!

    ResponderEliminar