segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Homens do Presente


Homens do presente, nada no passado,
Antes de serdes as coisas que vemos,
Quem podia ter sabido ou pensado
Que seríeis hoje aquilo que temos?
Ah, passantes pela mesma via,
Quem pôde pensar-vos antes deste dia?


Homens do presente e pó de amanhã,
Ao passar dos anos aonde ireis ter?
Que rude mudez ou ânsia em pressa vã
Irá registar vossa dor e prazer?
Ondas ou cristas do mar desta vida
Quem vos pensará passado este dia?


Só o génio pode o fogo atiçar
Que na natureza em vós abrigais;
Só o génio pode a lira tocar
E erguer vosso nome aos céus dos mortais;
O génio pode a morte romper
E o nada de ontem num tudo verter.


Mas a virtude, como os choros humanos,
Pelos areais depressa bebida,
Mergulha no pó dos passados anos
E nem sabereis onde está escondida.
Que o génio, então, possa ser laureado;
Que o pó de amanhã seja eternizado

(Heterónimo F.Pessoa)

Poema de 1904:


71 comentários:

  1. Olinda, ler este imortal, é sensacional e extasiante!
    Tomei esta estrofe e embriaguei minh'alma.
    Lindo mesmo.


    Só o génio pode o fogo atiçar
    Que na natureza em vós abrigais;
    Só o génio pode a lira tocar
    E erguer vosso nome aos céus dos mortais;
    O génio pode a morte romper
    E o nada de ontem num tudo verter.


    Fica registrado este humilde comentário sobre o post.
    Um deleite para alma.
    Um abraço afetuoso, e obrigado pela postagem do Fado Amoroso ao lado, o que muito me honra.
    Beijos em teu coração.

    ResponderEliminar
  2. Olá, Antônio

    Realmente, ler Fernando Pessoa é como ler a própria vida. Como só um génio, acompanha-nos a par e passo, tornando-se intemporal, tomando várias formas e várias abordagens na sua leitura do mundo. Começou isto tão novo, como é o caso de Alexander Search, que me causa perplexidade pela profundidade como diz e analisa as milhentas vertentes da nossa existência.

    A estrofe que assinala é maravilhosa e, o mais interessante, é que se aplica a ele próprio.

    Um grande abraço, meu amigo, e uma óptima semana.

    Olinda

    ResponderEliminar
  3. Olinda
    A última estrofe mexeu comigo:

    Mas a virtude, como os choros humanos,
    Pelos areais depressa bebida,
    Mergulha no pó dos passados anos
    E nem sabereis onde está escondida.
    Que o génio, então, possa ser laureado;
    Que o pó de amanhã seja eternizado

    Como diz o António, Fernando Pessoa devia ser muito novo, quando escreveu isto. Que lucidez! Que génio!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  4. Uma maravilha: foi bom poder reler- é por isso que gosto de vir aqui....
    Bj

    ResponderEliminar
  5. Muito boa tarde Amiga
    Desculpe pelo meu silencio, não tem sido por esquecimento, mas por conta do momento que estou vivenciando!
    Tem coisas que só o tempo pode curar , para poder voltar a sorrir ao vir lhe visitar.

    Natal
    É a reconciliação com o nosso coração, renovando o nosso interior com a força do Amor.
    Natal
    É aprender a reconhecer nossas faltas e nos perdoar pela nossa imperfeição humana, assumindo o compromisso da nossa renovação espiritual.

    Tenha uma linda Semana coberta de muita paz e amor
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  6. Desconhecia que Pessoa tinha uma personalidade em inglês...

    Que se passa para que as actualizações não cheguem?

    Um abraço

    ResponderEliminar
  7. Lindo e doce mistério...a vida, desde que gerada.... passada, presente e futura...só um gênio poderia concebe-la Olinda...para ser única e livre em cada um....
    Lindo demaiiiisss!!

    Beijos e boa noite amiga!!

    :D

    ResponderEliminar
  8. Sempre temos que aplaudi-lo! Quando leio poemas assim, tenho uma inveja(rsssss). É a admiração que fala mais alto.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  9. Muito sabia o Fernando Pessoa. Como é possível
    que Portugal esteja na situação que está quando
    teve e tem tantos portugueses tão ilustres?
    Como se deixa que sejam pessoas medíocres
    a estar no Governo?
    Beijinho
    Irene

    ResponderEliminar
  10. Olinda,

    Lindo! Assim é a vida... VAi-se o homem, com sua bagagem evolutiva. Ficam suas conquistas.

    Bjs!

    ResponderEliminar
  11. Amo de paixão Fernando Pessoa, amiga!
    Uma maravilha.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Lindo texto!

    Saudações amiga!

    Bjos

    ResponderEliminar
  13. " Só O génio pode a morte romper" e só esse génio que foi Pessoa pode continuar eterno nas obras que deixou. Morreu há 75 anos, Não? Pois continuamos a ver nas suas obras a actualidade.

    "Homens do presente e pó de amanhã,
    Ao passar dos anos aonde ireis ter?
    Que rude mudez ou ânsia em pressa vã
    Irá registar vossa dor e prazer?

    Esquecemo-nos de que somos do presente hoje, seremos pó amanhã, para quê a pressa se dela não resultarem feitos que nos deixem imortais? Mas, onde estão os genios, onde estão os verdadeiros lideres, onde estão os homens de coração honesto? Tudo isso falta na sociedade actual e por isso estamos assim...com a confiança um pouco abalada.
    Gostei muito, Olinda e...vou confessar uma coisa...não conhecia este heterónimo de Pessoa. Obrigada por me dares a conhecer esta nova faceta dele. Um beijinho e fica bem
    Emília

    ResponderEliminar
  14. Minha querida

    Um belo poema de Pessoa e desconhecia este heterónimo dele, estamos sempre a aprender.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  15. BELO POEMA

    Olinda

    neste Natal os meus leitores têm um livro novo de Poesia
    Cantar África...
    vou fazer a apresentação em TALAÍDE no restaurante O Areias com almoço(10€).

    Vou de Aveiro para Talaíde para poder encontrar-me com os Amigos desse ponto do País...


    Adorava dar-te um abraço...e entregar-te a tela.

    ResponderEliminar
  16. Minha Querida Olinda:
    Não conhecia este poema, mas convenhamos que Fernando Pessoa nunca deixará de ser Fernando Pessoa. Ele, o eterno. A sua poesia a mergulhar na Eternidade.
    Um abraço grande para ti.

    ResponderEliminar
  17. Este Heterónimo eu não conhecia.....mas Pessoa
    é sempre grande
    Beijo

    ResponderEliminar
  18. Anda bem que editou este poema - tão pouco conhecido - do nosso Pessoa.

    Beijinho, minha amiga.

    ResponderEliminar
  19. Querida Maria

    Fernanda Pessoa teria, na data em que escreveu este poema, uns 16 anos.Uma lucidez que até faz impressão, realmente.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  20. Mar Arável

    É como diz...
    Qualquer que seja a roupagem que ele envergue.

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  21. Olá, Blue Shell

    E eu adoro as tuas visitas.

    Obrigada

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  22. Cara Maria Alice

    Agradeço do coração a sua mensagem de solidariedade e de amor. Que esta quadra natalícia seja para nós um tempo de renovação.

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  23. Olá, São

    Pessoa sempre a surpreender-nos, não é?

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  24. Querida Carla

    A vida é assim mesmo, uma descoberta constante...

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  25. Olá, Marilene

    Tem razão.Aplaudamo-lo!

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  26. Querida Irene

    Portugueses ilustres e de boa cepa.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  27. Querida Daniele

    Homens que 'se vão da Lei da Morte libertando...'

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  28. Imagem e Poesia

    Bem-vinda.

    Obrigada pela visita e comentário.

    Retribuirei...

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  29. Querida @Escritora

    É mesmo belo.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  30. Deixando um beijo de bom dia...antes de correr pra o trabalho!
    Bj

    ResponderEliminar
  31. Querida Bue Shell

    Que tenhas um excelente dia de trabalho.

    :)

    Está frio e nevoeiro rrrr....

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  32. Pensei que já tinha lido toda a poesia do Fernando Pessoa... afinal, este poema é novo para mim...
    Mas, como não podia deixar de ser, tem a sua marca. Nota-se logo nos primeiros versos.
    Obrigado pela partilha deste magnífico poema, que é intemporal.
    Querida amiga Olinda, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  33. Querida Emília

    A estrofe que escolheu leva-nos verdadeiramente a questões cruciais e cujas respostas estão envoltas em autêntico nevoeiro... Tal como aquele Filósofo Antigo que procurava em pleno dia um Homem, talvez também nós tenhamos de o fazer, procurando Homem ou Mulher, visto que depois de tantos séculos, felizmente, as mulheres têm uma palavra a dizer na governação do mundo.Penso que em democracia só se pode votar em quem se apresenta, como candidato. Esperemos pois que se apresente este Ser, um ou vários, por que tanto ansiamos.

    Beijinhos e bom fim de semana.

    OLinda

    ResponderEliminar
  34. Querida Sonhadora

    F.Pessoa, com as suas várias facetas tem sempre uma forma muito sua de nos falar do momento que que passa...

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  35. Olá, Lili

    Muito obrigada pelo convite e pela tua generosidade. Já te respondi para o email.

    Beijinhos e bom fim de semana.

    Olinda

    ResponderEliminar
  36. É verdade, querida Isabel, tantos homens num só e sempre ele próprio:Fernando Pessoa.

    Beijos

    Olinda

    ResponderEliminar
  37. Olá, Andradarte

    Encontramos sempre um poema, um texto que ainda não havíamos lido. É mesmo fantástico!

    abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  38. Muito obrigada, querida Ana.

    Beijinhos.

    Olinda

    ResponderEliminar
  39. Caro Nilson

    Tens razão,inconfundível!

    Também te desejo um óptimo fim de semana.

    Grande abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  40. Amiga, lindissimo poema desconhecia este heterónimo de Fernando Pessoa, estamos sempre a aprender.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  41. Olinda,

    Belo e oportuno poema. Não conhecia e, por isso, agradeço-lhe o ter-me proporcionado esta descoberta.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  42. Eu me sinto a poeira do pó, diante do poema. Nem preciso dizer da grande admiração pelo poeta luso!

    Mas lembrei-me de uma canção do grande Paulinho da Viola,chamada, Desilusão: http://www.estuario.com.br/

    apenas ouça, Olinda!

    E que grande prazer na vida é saber que existe uma pessoa como tu, obrigada pela amizade que estamos construindo, apesar da virtualidade!

    ;))

    Deixo um grande beijo desde Olinda, e desejo de que domingo seja um dia perfeito para ti, Olinda!

    ResponderEliminar
  43. Bela poesia...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  44. Lindo e espantoso. Esta capacidade de se desdobrar em pedaços de si, que faz de Fernando Pessoa,único.
    faz-nos mergulhar a nós em todo o pó...á procura de mais e mais intensidade.

    ResponderEliminar
  45. Meus queridos

    Maria,
    UmJeitoManso,
    Fernando,
    George Sand

    Muito obrigada pela vossa visita e pelos vossos comentários a este post.

    Estamos unidos na admiração por este Poeta que se 'desdobra em pedaços de si', como bem disse G.Sand, que nos surpreende a cada passo e que por mais anos que passem a sua escrita tornar-se mais actual.

    Beijos

    Olinda

    ResponderEliminar
  46. Olá, Canto da Boca

    Preciosas palavras!Tanto as que se referem ao nosso Poeta como às que me dizem respeito, as quais te agradeço de todo o coração.
    Fui ao endereço, encontrei um blog enriquecedor. Hei-de lá voltar...pensei que encontraria ali a canção 'Desilusão'...Mas amanhã vou à procura dela e ouvi-la(agora não posso accionar o audio). :) Depois digo-te as minhas impressões.

    Desejo-te uma muito boa noite e as minhas 'saudades' para a OLINDA.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  47. Fernando Pessoa, sim, foi um gênio. Adorei!

    Abração,

    Rodrigo Davel

    ResponderEliminar
  48. Obrigada, Rodrigo.

    'Aquele' abraço.

    Olinda

    ResponderEliminar
  49. Oi Olinda, pra mim Fernando Pessoa foi um grande mestre dos poetas. Eu gosto demais de tudo escrito por ele. Aqui encontro sempre o que tem de melhor pra leitura. Um abraço e ótima semana.

    ResponderEliminar
  50. rouxinoldebernardim13/12/2011, 19:01:00

    Não conhecia, mas é de fato muito original... apesar do tempo...

    ResponderEliminar
  51. Querida Smareis

    Olá, rouxinoldebernardim

    Obrigada pela vossa visita e por terem apreciado este meu post.

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  52. MEUS QUERIDOS AMIGOS

    NÃO TENHO PODIDO IR AOS VOSSOS BLOGS, VISITAR-VOS E VER AS NOVIDADES, POR MOTIVOS ALHEIOS À MINHA VONTADE.

    ESPERO E DESEJO PODER FAZÊ-LO EM BREVE.

    PARA JÁ, DESEJO-VOS UM NATAL REPLETO DAS MAIORES ALEGRIAS. :)

    ABRAÇOS

    OLINDA

    ResponderEliminar
  53. Olinda,

    Um grande Natal para si e que o Ano novo traga alegrias.
    Não pode visitar-me visito-a eu a si. É sempre um gosto.
    Bj

    ResponderEliminar
  54. Vim desejar um Feliz e Santo Natal.
    Bj.
    Irene

    ResponderEliminar
  55. Muito obrigada, George Sand.

    Desejo-lhe tudo de bom.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  56. Olá, Irene

    Retribuo com votos de muitas felicidades.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  57. Deixando um carinho.....
    Bj
    BShell

    ResponderEliminar
  58. Outro para ti, querida Blue Shell.

    :)

    ResponderEliminar
  59. Querida amiga Olinda
    Como se costuma dizer "a minha alma está parva!"
    Eu convencida que era uma grande sabichona e não conhecia este senhor!!!
    Fernando Pessoa sempre me surpreendendo...
    Simplesmente maravilhoso!

    Minha querida, ando na minha ronda de visitar três ou quatro blogs por dia. Hoje a sorte sorriu para estas bandas...
    Voltarei logo que possível.

    Fica bem. Beijinhos

    ResponderEliminar
  60. Querida Olinda

    Penso que os génios preveem o futuro...advinharia ele os tempos de hoje? Só aqueles ( os génios) se libertarão da lei da morte...o resto, é nada e pó!
    Um Santo e Feliz Natal para ti e todos os teus e que 2012, apesar de mal vaticinado antes do nascimemto, seja uma agradável surpresa para todos!
    Um beijo muito amigo.
    Graça

    ResponderEliminar
  61. Bom dia prezada amiga,
    Venho agradecer o seu carinho, atenção e compreensão durante este ano que foi coberto de lindas rosas e com alguns espinhos, que me ajudaram a crescer e a compreender ainda mais o valor da minha vida!
    Amiga muito obrigada por cada uma de suas carinhosas visitas, sua companhia, sua presença e sua força e apoio.
    Quero pedir desculpas pelo meu silencio, mas gostaria que soubesse que não foi proposital! Mas por conta de alguns desafios que a vida me trousse.
    Gostaria de lhe desejar um Santo Natal e que o Ano 2012 venha coberto de muita paz e Amor!
    Gostaria de lhe oferecer o selinho de Natal , tem dois pode leva-los ou escolha o que mais gostar, tem também o selinho de 400 seguidores que fiz com muito carinho!
    Dentro do mundo magico do coração quero muito lhe agradecer por tudo! Muito Obrigada de todo o coração!

    Tenha um lindo dia!
    Abraço Amigo!

    ResponderEliminar
  62. Olá, @Escritora

    Muito obrigada e retribuo as saudações com carinho.

    :)
    Olinda

    ResponderEliminar
  63. Querida Mariazita

    Fiquei satisfeitíssima por me ter calhado a sua visita.Sabe bem como a aprecio e desejo que o seu projecto esteja a correr de vento em popa.

    É verdade, F.Pessoa tem este condão.Surpreende-nos dizendo coisas que nós gostaríamos de ter dito.

    Agradeço e retribuo os votos de Boas Festas desejando que o Ano de 2012 lhe traga aquilo que mais deseja.

    Beijinhos

    OLinda

    ResponderEliminar
  64. Querida Graça

    Este nosso distinto Poeta parece atravessar os tempos, trazendo-nos mensagens que se enquadram perfeitamente nos tempos que correm.

    Desejo-te também, a ti e aos teus, um Natal Feliz e um Ano Novo a contrariar em alta as expectativas negativas que neste momento nos envolvem.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  65. Querida Maria Alice

    Agradeço a sua atenção e amizade, desejando-lhe um Natal abençoado e que o Ano Novo lhe traga muitas felicidades.

    Irei buscar com muito prazer os selinhos. Muito obrigada.

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  66. Minha querida amiga o Natal está a aproximar-se e como muitos amigos se ausentam já este fim de semana para se reunir com familiares e amigos, passei para desejar um Natal muito feliz e um maravilhoso Ano Novo.
    “A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (autor desconhecido)
    Beijinhos
    Maria e familia

    ResponderEliminar
  67. Almas que viajam entre a eternidade por vidas passadas, futuras e presentes...
    Beijos querida Olinda e boa noite!

    ResponderEliminar
  68. Olinda, passando para deixar um abraço e agradecer tuas palavras.
    Um bem-haja.
    Beijos.

    ResponderEliminar